sábado, 2 de agosto de 2014

Vamos Fazer Resultar

Ele já gostava dela há algum tempo,
Mas ela parecia nele não reparar.
Sem notar, partilhavam gostos,
Espaços, visões e até um olhar.

Num momento de coragem,
Ele, forte, resolveu avançar.
Era ateu, sempre dizia,
Mas pediu a Deus para ajudar.

Aproximou-se, passo em frente,
Sem nunca desviar o olhar,
Este tinha receio, mas era
Intenso, como o seu respirar.

Pegou-lhe na mão e
Disse com delicadeza:
"Não sou um príncipe, mas
Quero fazer de ti princesa.
Não sou destas coisas,
Mas mudas algo em mim…
Por ti corria o mundo,
Apenas para ter um sim.

Eu sei, isto não é só amor,
É desejar-te, é possessão.
Quero que sejas minha,
Que me dês a tua mão.

Passeia comigo à beira-mar,
Guia-me no teu sentido,
Não importa onde vai dar.

Diz-me os meus defeitos,
Eu sei que posso mudar.
Mas perante todos,
A ti só vou elogiar.
E digo linda, nunca
Te sentirás sozinha.
Terás um amante,
Um grande amigo,
Aceita ser minha.

De dedos entrelaçados,
Eu te passarei força.
És a minha e eu
Sou a tua protecção.
Se alguma vez errei,
Peço-te perdão."

E verteu uma lágrima,
Estava emocionado.
Ela soube que o teria ali,
Perto, ao seu lado.

Nada é eterno nem perfeito,
Mas resolver arriscar.
Tocou-o na face suavemente:
Vamos fazer resultar!

Sem comentários:

Enviar um comentário