sexta-feira, 26 de abril de 2013

O Caminho


"Fomos criados à imagem e semelhança de Deus" dizem as sagradas escrituras, quer as consideremos divinas ou não.

Deus e toda a sua magnificência, independentemente do Deus de que estejamos a falar, com certeza que tem a ideia da sua plenitude.
Até que ponto nos assemelhamos a Deus na capacidade de construirmos o nosso caminho?

Ao longo da História da Humanidade, pessoas cultas e visionárias, como o foi Fernando Pessoa na área da Literatura, que escreveu sobre a Esperança na construção de um Império Espiritual por parte dos portugueses (o Quinto Império), partilharam palavras de fé, de elevação espiritual, de luta por um mundo melhor, de ultrapassagem de medos, de quebra de barreiras, de alcance da liberdade,…

Boas ideias e mentalidades não faltaram ao mundo…então porquê que olhamos em nossa volta e vemos a falta de auto estima, o desespero, a desconfiança, a desistência, o baixar os braços, a derrota antes do começo, a passividade das pessoas?

O que é ser livre num mundo onde nos dizem que fomos Abençoados e temos um Firmamento criado no céu para nós (quando nos dizem…), seguido de instruções de como aproveitar essa bênção.

O que faltará, que estímulos, que palavras, que gestos, que sentimentos serão precisos para que despertemos e ganhemos a plena noção das nossas capacidades e do nosso lugar na existência?

Como podemos querer a melhoria do mundo, a felicidade e o amor para todas as pessoas se nos sentirmos vazios por dentro?

Nós temos as pedras e os instrumentos necessários à construção das calçadas da nossa vida, só temos de aprender a usá-los, e seguir o Norte.

Se pessoas como Gandhi, sem forças sobre-humanas, lutaram pela liberdade e conseguiram criar resultados, porque nos deixamos enfraquecer e menosprezamos?

Escrevo este post, porque penso ser necessário incrementar a motivação nas pessoas, elevar a sua vontade de viver e a sua atividade no seu Interior, no País, no Continente, no Mundo,...

Nós somos a nossa maior cura, os nossos maiores amigos, os nossos maiores aliados, e aqueles que têm a capacidade de nos fazer chegar mais além: ninguém pode construir a nossa vida por nós, a nossa individualidade, mas com força e coragem, juntos, podemos construir uma realidade melhor!