domingo, 26 de agosto de 2012

Paz Interior


O que busca a harmonia e o amor,
Começa agora a grande viagem:
Rumo ao que é simples e natural,
Que é tudo menos miragem.

Esse mal que tens e que escondes,
Até podes das pessoas ocultar,
E da tua mente desviar,…
Mas às forças do Universo,
Não há segredos por revelar!

Preocupa-te com o que pensas,
O que desejas, e o que fazes.
Quando quiseres ir pela estrada torta,
Lembra-te: o que vai, volta!

Não te rendas a esse medo,
Não o deixes imperar!
Pede a paz interior,
E o respeito para amar.

Essa tua luz que brilha,
Deve o mundo irradiar.
Sorri, deixa-a mostrar-se!
Se a queres, se a acreditas,
Assim virá, sem adiar!

O tempo cura tudo,
Só se nós o permitirmos.
Abramo-nos ao amor,
Enchamos a alma de cor! 

Sem comentários:

Enviar um comentário