quinta-feira, 5 de abril de 2012

Dança




Da experiência Humana
Tiramos uma conclusão:
Nem sempre temos sonhos,
Ou cremos na sua realização…

Todos temos problemas,
Mas costumamos exagerá-los
Com incertos/falsos dilemas.

Como dizia Bob Marley:
Ao pensarmos no assunto,
Só duplicamos a gravidade.
Digo por experiência própria,
É uma grande verdade!

No meu percurso de vida,
Descobri um incrível lugar,
Onde as más horas se dissipam.
Só há lugar para sonhar!

Deram-lhe o nome de Dança,
Criaram-no cheio de alegria,
Para que tudo fosse possível.
A dançar sou o que quero:
Um reflexo, alguém invencível,…

Seja qual for o solo que
Pisemos no momento,
Ao ligarmos as colunas
Enchemo-lo de movimento.

Cada passo, cada pirueta,
Preenche a minha vida.
Com eles sou romântica,
Realista, e dramática.


Já fui vilã, uma princesa,...
Visito escombreiras, pó,...
Contato com a Natureza.

Cada coreografia vive,
Tem um significado.
É uma representação,
É um misto de emoção.

Traz novas e várias formas
De ver o amor, a amizade.
Junta várias esperanças,
Num centro de fraternidade.

Desde que ela me agarrou,
Sinto que nunca a vou deixar:
É um mundo mágico,
Que só pretendo partilhar.

Sem comentários:

Enviar um comentário