sábado, 10 de setembro de 2011

Férias 2011

Olá a todos!

Depois de algum tempo ausente (sim, admito que dei mais importância ao aproveitamento das férias do que ao blog),

Estou de volta!

Estou de volta, e aproveito para vos contar um pouco das minhas férias.

Este Verão tem sido fantástico, tenho saido bastante , sobretudo para ir ao cinema - aconselho o "Conan O Bárbaro", "Os Smurfs", " O Capitão América" e o "Lanterna Verde" - todos bons filmes, tudo depende se têm preferência por animações, por tempos bárbaros ou por filmes de super-heróis.

Mas o que quero partilhar com vocês neste post é um pouco das três semanas que estive no Algarve.

Estive na zona de Portimão, e como não tinha piscina, passava os dias, ou na Praia da Rocha, ou na Praia do Alvor.

Gosto imenso da praia da Rocha, pois quando a maré está baixa, é possivel explorar as passagens entre as rochas (eu, que sou uma exploradora nata, não podia deixar de o fazer).


A Praia do Alvor é ligeiramente diferente em termos de areia, mas é igualmente boa para passar um dia de Sol e Mergulhos.




Não posso deixar de referir, que qualquer uma das praias é propícia ao jogo de raquetes (jogo que me acompanhou todas as três semanas).

Mas a minha vida Algarvia não se baseou só em praia. Saí algumas noites, fui ao Zoo Marine e visitei sítios novos, como a Serra de Monchique.

 Em Agosto, o Algarve tem muitas ofertas de lazer. Passeei algumas noites pela Praia da Rocha - lugar maravilhoso para se sair, devido à quantidade de artigos para venda, aos restaurantes e bares.

Noutras noites estive, ou no Festival da Sardinha, em Portimão,



Ou na Fatacil, em Lagoa.



A Festa da Sardinha abriu com uma cantora portuguesa internacionalizada, Dulce Pontes, que foi demoradamente aplaudida pelo público.

Outra banda portuguesa que ouvi foi o Amor Electro, mas desta vez não vi, apenas escutei, pois a Festa da Sardinha não permite a entrada de cães. Assim sendo, fiquei sentada nos bancos do lado de fora com a minha cadelinha a ouvir.

Na Fatacil vi os Santos e Pecadores e o Pedro Abrunhosa. No concerto dos primeiros o tempo não esteve do lado deles e começou a chover torrencialmente, o que fez com que muita gente se abrigasse longe do palco. Todavia, isso foi um dos motivos que tornou esse concerto tão especial para mim: como estava muito calor aproveitei e fiquei o concerto inteiro a dançar à chuva - foi demais, uma experiência para não esquecer (tenho de repetir).

O Pedro Abrunhosa foi o cantor que mais gostei de ouvir, pois admiro o que ele diz em palco, a sua atitude e a sua energia. Tenho ainda a acrescentar que para além de cantor, o Pedro Abrunhosa é um poeta e as suas letras estão muitíssimo bem feitas.

No ZooMarine, tive a opurtunidade de andar em diversões, dar uns bons mergulhos na piscina e ver golfinhos, araras, aves de rapina e muito mais. Um paragem obrigatória para quem gosta de água, diversão e animais.

Se um dia acordarem sem saber o que fazer, quiserem explorar algo novo, e apreciarem viagens de carro, não deixem de visitar a Serra mais alta da zona Sul - Serra de Monchique.

Começámos pelas caldas de Monchique, onde se encontra um jardim com uma pequena Igreja, uma fonte, mesas de pedra e muitas árvores - um convite a um piquenique agradável à sombra. Seguindo o percurso, passámos pela Aldeia de Monchique, até chegar ao ponto mais alto - Foia. Daí avista-se toda a área de Portimão a Lagos.

Ao longo de toda a viagem estivemos rodeados por paisagens maravilhosas. Também chegámos a ver alguns animais, como cabras e coelhos.


E assim ficaram a conhecer um pouco do Algarve :)

Sem comentários:

Enviar um comentário