sábado, 2 de abril de 2011

Como nos vemos?


Será que somos gatos e vemos-nos leõs, ou somos leões e vemo-nos gatos?



Pensamos que somos melhores ou piores?

Na minha opinião, a população em geral vê-se com menos capacidades do que aquelas que tem, ou seja, substimam-se.
 
Mesmo que se gabem, e se convençam em frente de outras pessoas, por vezes essas palavras não passam de um meio para esconder a sua falta de confiança em si mesmos (mesmo que inconsciente).

Este facto evidência-se, cada vez mais, nos jovens que se resignam à "sua insignificância" e ao "conforto dos seus sofás" sem darem tudo o que têm para conseguir dar um sentido à vida, ou seja, realizar os seus objectivos. Porquê? Pensam à partida que não vale a pena, que não vão conseguir.

Mas a questão é essa: eles conseguem! A única e simples solução é trocar a frase "Não vale a pena, pois vou falhar" para "Eu sou capaz! Esforçando-me chego lá!"

Pessoal não deixem que uma mínima vírgula mal colocada na composição da vossa vida pareça uma barreira permamente aos vossos sonhos!

Lutem por aquilo que querem!

Acreditem em vocês!

E digo isto, pois, até agora, não conheci ninguém que não valesse a pena.

1 comentário: