quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Diz SIM

Ás vezes conseguir algo é tão dificil... é para essas ocasiões que colocol aqui hoje este poema.

Dizer SIM!

A Sorte sempre me acompanhou,
O Mundo sempre me apoiou,
Quase nem precisava tentar,
As coisas boas, até mim,
Conseguiam sempre chegar.

Mas não somos perfeitos,
O positivismo não basta.
Nem sempre isso chega,
Tudo isso se afasta…

Somos lentos e fracos,
Somos baixos e miseráveis.
A vontade tresmalha-se,
As almas não são notáveis.

Pensamos escondermo-nos,
Fugir, desistir…
É tão difícil o caminho a seguir…

Onde está a luz?
Onde está a convicção?
Todas os suportes,
Perderam a razão.

Não consigo…

Não? Por que tentei?
Por que comecei?
Serei inútil?
Não o farei?

Olho para o Céu!
As estrelas brilham…sorrio.
Vamos recomeçar…
Tento, caio.
Levanto-me, consigo.

Olhares de aprovação,
Sorrisos de incentivo,
Coração preenchido,
Tudo fez sentido.

Tive de lutar,
Problemas enfrentar.
Mas o importante,
É a atitude a tomar.

Diz SIM, e com esforço os frutos chegarão a ti.
Não baixes os braços, todos conseguem!

4 comentários:

  1. OLÁ Ana!
    Há dias assim, em que a vontade e o entusiasmo nos abandonam. Mas, tudo é mudança, amanhã é outro dia, e o sol brilhará para reforçar a vontade do Ser.
    Poema lindo, dou-te nota 20.
    Beijinho.

    ResponderEliminar
  2. ah pois mas eu dou nota 21 !! ah pois é a vida... hum !
    Lindo *.* Continua :DDDD

    ResponderEliminar